Geral

Governo federal duplica publicidade na Globo

globo

Enquanto ataca a emissora da família Marinho em meio a apoiadores, Bolsonaro despejou, somente neste ano, 11 milhões na Globo, que ultrapassou a Record e voltou a liderar o ranking entre as redes de TV no país.

Os ataques e ameaças de não renovar a concessão da TV Globo propalados por Jair Bolsonaro (PL) para incitar apoiadores não encontram reflexo quando confrontados com os valores destinados à publicidade na emissora da família Marinho neste ano eleitoral.

De 1º de janeiro a 21 de junho de 2022, Bolsonaro pagou R$ 11,4 milhões em publicidade para a Globo. O valor representa uma alta de 78,4% frente ao mesmo período do ano anterior – que foi de R$ 6,4 milhões – e o maior dos quatro anos do atual governo.

Se o montante atual for comparado com período igual em 2020, o aumento é ainda mais exorbitante: 475%. Naquele ano, Bolsonaro despejou R$ 2,4 milhões na emissora. No primeiro ano de mandato, o total foi de R$ 7,1 milhões.

Segundo levantamento realizado pelo portal Uol, o perfil de publicidade do governo mudou, priorizando os chamados anúncios institucionais, para dar publicidade sobre os feitos do governo. Em 2021, Bolsonaro destinou mais recursos para anúncios de utilidade pública na emissora.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
error: Ação não permitida !!

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios