Geral

Acusado de participação no assassinato de político no PR é preso em São Pedro do Sul

image 1
A vítima

Ele é um dos acusados pelo assassinato do político paranaense Loir Dreveck, prefeito de Piên, Região Metropolitana de Curitiba. O crime ocorreu em dezembro de 2016, na cidade catarinense de São Bento do Sul, semanas antes de Dreveck assumir de prefeito. Além do político, outra pessoa foi morta no ataque.

A BM recebeu informações de autoridades paranaenses e catarinenses sobre o paradeiro do réu. O foragido utilizava a identidade de outra pessoa e estava trabalhando em São Pedro. Após abordagem, o acusado apresentou uma identidade falsa e tentou fugir.

O júri dos quatro réus pelo crime começou na terça-feira (21), em Rio Negro (PR). Entre os acusados, estão o ex-prefeito de Piên, Gilberto Dranka, e o então presidente da Câmara, Leonides Maahs, considerados pelo Ministério Público como autores intelectuais dos assassinatos. Outros dois homens teriam executado os crimes. A Brigada não informou qual dos contratados foi preso no RS.

sao pedro3
Leonides Maahs (de branco) e Gilberto Dranka (de azul) foram apresentados em entrevista coletiva da Polícia Civil. Foto: Jonathan Campos

Ele vítima de um complô, armado pelo seu antecessor no cargo, Gilberto Dranka (PSD), e o presidente da Câmara Leonides Maahs (PR). Além dos dois, estão presos Ovandir Pedrini, 44 anos, e Amilton Padilha, 29, ambos acusados de participar diretamente do crime.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Ação não permitida !!

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios