Geral

Homem é preso em Santiago por maus-tratos a animais

cao maus tratos Santiago2

O animal foi encontrado com sarna, infecções, sem dentes, sem comida ou água. Sequer havia abrigo contra o frio de 5 graus

O Pelotão de Policiamento Ambiental atendeu a uma denúncia de maus-tratos contra um cachorro. O animal, de porte médio, foi encontrado em situação extrema, com lesões provocadas por sarna (lesões antigas e recentes). Dado aos maus-tratos, também estava praticamente sem dentes. No momento da vistoria não havia água, comida ou qualquer abrigo contra o frio de 5 graus.

Após avaliação clínica por uma veterinária, foram comprovados os indícios de maus-tratos, o qual foi recolhido de imediato ao canil para o devido tratamento. O proprietário recebeu voz de prisão e foi levado à Delegacia para providências legais.

Nova lei prevê cadeia
Há pouco, foi aprovada uma lei que aumenta a pena a quem maltratar ou praticar abusos contra cães e gatos. A pena de reclusão agora é de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. O regime pode ser fechado, semiaberto ou aberto.

Maus-tratos aumentaram
Durante a pandemia, aumentaram os registros de denúncias de maus-tratos a cães e gatos, segundo relatos de organizações de defesa e proteção animal.
Segundo o IBGE, o Brasil tem 28 milhões de moradias com pelo menos um cachorro e mais 11 milhões com algum gato.

WhatsApp Image 2021 06 29 at 06.13.07 1

João Lemes

Oi! Aqui é o João Lemes, editor do Expresso Ilustrado e do site Nova Pauta. Sou graduado em Língua Portuguesa e membro da Academia Santiaguense de Letras. Gosto de abordar todos os temas. Se você gostou, obrigado, se não gostou, obrigado por ter lido. Aceito sugestões. Um abraço.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Olá muito boa reportagem do jornal expresso .sou natural de Santiago Rs mas atual mente moro em porto Alegre e ja fiz entregas de jornais em Santiago quando morava ai .e um absurdo o que esse cachorrinho passou mas agora espero que alguem ajudem ele .abraço a equipe do jornal expresso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios