Geral

MP quer a cassação do prefeito de Uruguaiana após investigação sobre garis fantasmas

ronie2

Segundo o promotor Barbará, foram encontrados indícios de arrecadação ilegal na campanha

Mais de 60 agentes cumpriram 12 mandados na prefeitura, incluindo o gabinete do prefeito Ronnie Mello (PP) e as secretarias da Fazenda, Administração e de Infraestrutura Urbana e Rural, além de residências e empresas. São 30 investigados: 10 agentes públicos, 10 empresários e 10 laranjas.

Foram encontrados indícios de desvio de dinheiro para a campanha eleitoral, por meio da contratação de garis fantasmas. Um dos laranjas é um estudante de Medicina de Santa Catarina, filho do dono da empresa, contratada desde 2017 para fazer a limpeza urbana.

Barbará 1

Segundo o promotor Luiz Antônio Barbará (foto) foram encontrados indícios de arrecadação ilegal na campanha, com sinais claros de captação e gastos ilícitos de recursos. Eles destacaram que houve até o incremento de valores na folha de pagamento da terceirizada, que teria servido para financiar os políticos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios