Geral

Bolsonaro critica o preço da gasolina e dá o nome de santiaguense como exemplo

Bolsonaro disse que o “Sargento Gatilho” tudo resolvia, desde o acelerador do carro até o radiador quando estava quente demais. É isso que ele quer que a Petrobras faça; que resolva.

O “Sargento Gatilho” é nada mais nada menos que o nosso Reovaldo Mello, o pai do secretário de Gestão Álesson Mello. Há pouco eles visitaram o presidente no Palácio do Planalto, onde se abraçaram e relembraram de quando os dois foram colegas de farda.
Se preciso for, que a Petrobras leve o nosso capitão Reovaldo, não é, presidente?

Na foto, Álesson, sua família e o vice-prefeito Marcelo Peru quando foram recebidos pelo presidente Bolsonaro, ocasião em que os dois ex-colegas de farda falaram sobre Santiago.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios