Geral

Vacinação no Estado começará pelos da saúde e idosos dos asilos

O primeiro grupo é composto por 972 mil pessoas. Mas, como pode vir menos doses na primeira remessa (agora em janeiro), o Estado priorizou áreas consideradas mais críticas. A informação é da secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.

As primeiras doses esperadas integram o lote de 2 milhões de vacinas do laboratório AstraZeneca, importadas da Índia. O montante será dividido entre todos os Estados.

“Vamos preparar a rede para que se consiga atingir da forma mais ágil possível as pessoas desse primeiro grupo. Agora, vai depender da quantidade de doses. Se nós considerarmos que o país terá 2 milhões de doses, a prioridade número um seriam os trabalhadores que estão na linha de frente do atendimento e as pessoas dos asilos” relatou Arita, para a Rádio Gaúcha.

Público-alvo
O Ministério da Saúde estima que o público-alvo da vacina no RS seja de 4 milhões e meio de pessoas. Como são necessárias duas doses, será preciso prever o uso de nove milhões de seringas.

João Lemes

Oi! Aqui é o João Lemes, editor do Expresso Ilustrado e do site Nova Pauta. Sou graduado em Língua Portuguesa e membro da Academia Santiaguense de Letras. Gosto de abordar todos os temas. Se você gostou, obrigado, se não gostou, obrigado por ter lido. Aceito sugestões. Um abraço.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios