Geral

Bolsonaro diz que a vacina ‘não está comprovada cientificamente’

Os presidentes da República, Jair Bolsonaro e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, fazem declaração à imprensa no Planalto

O presidente contraria a Anvisa e cientistas

Anvisa decidiu aprovar o uso emergencial da CoronaVac, por entender que a aplicação é segura e eficaz. Porém, o presidente Bolsonaro disse que “não há nada comprovado cientificamente sobre essa vacina aí”.

A única vacina aplicada no Brasil até o momento é a CoronaVac, cujo uso emergencial foi aprovado pela Anvisa. Bolsonaro deu a declaração a jornalistas na porta do Palácio da Alvorada. Ele repetiu, como tem feito nas últimas semanas, que a vacinação não será obrigatória.

“Não posso obrigar ninguém a tomar vacina, como um governador um tempo atrás falou que ia obrigar. Eu não sou inconsequente a esse ponto. Ela tem que ser voluntária, afinal de contas, não está nada comprovado cientificamente com essa vacina aí”, afirmou.

“O pessoal dizia que eu era contra a vacina. Eu era contra a vacina sem passar pela Anvisa. Passou pela Anvisa, eu não tenho mais o que discutir, eu tenho que distribuir a vacina”, completou Bolsonaro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios