Geral

Maia, Baleia Rossi, Lula, FHC e Ciro condenam ataque de Bolsonaro à Dilma

dilmaoculos

O presidente Bolsonaro ironizou a tortura sofrida por Dilma no período em que foi presa (1970) durante a ditadura militar. A declaração do presidente da República, ironizando a tortura sofrida pela ex-presidente gerou uma onda de críticas de lideranças.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), o presidente do MDB, deputado Baleia Rossi, ambos adversários de Dilma, além dos ex-presidentes Lula e Fernando Henrique saíram em defesa da petista e atacaram Bolsonaro.

Fernando Henrique afirmou que brincar com a tortura dela (Dilma) – ou de qualquer pessoa é inaceitável.

Lula afirmou que o Brasil perde um pouco de sua humanidade a cada vez que Bolsonaro abre a boca.

Maia declarou que Bolsonaro não tem dimensão humana “Tortura é debochar da dor do outro. Falo isso porque sou filho de um ex-exilado e torturado pela ditadura. Minha solidariedade a ex-presidente. Tenho diferenças com ela, mas tenho a dimensão do respeito e da dignidade humana.” (Correio Brasiliense)

João Lemes

Oi! Aqui é o João Lemes, editor do Expresso Ilustrado e do site Nova Pauta. Sou graduado em Língua Portuguesa e membro da Academia Santiaguense de Letras. Gosto de abordar todos os temas. Se você gostou, obrigado, se não gostou, obrigado por ter lido. Aceito sugestões. Um abraço.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios