Geral

Outra briga: Bolsonaro ignora testes encalhados e culpa estados e municípios

O presidente afirmou que são governadores e prefeitos, e não o governo federal, quem deve explicações sobre os 6 milhões de testes para o diagnóstico do coronavírus que estão “encalhados”. Os exames comprados pelo Ministério da Saúde perdem a validade entre dezembro deste ano e janeiro de 2021 e podem acabar no lixo.

Cobrado sobre o assunto, o presidente jogou a culpa em Estados e municípios. “Todo o material foi enviado para Estados e municípios. Se algum não utilizou, deve apresentar seus motivos”, disse Bolsonaro. Os dados sobre o prazo de validade dos testes em estoque estão registrados em documentos internos do próprio Ministério da Saúde

Já o vice-presidente Hamilton Mourão, disse “não estar ciente” e que cabe ao ministério apresentar os esclarecimentos. “Tem que buscar o esclarecimento lá com o Ministério da Saúde. Não é um assunto que passa por mim, não tenho o que declarar. Tem que ver lá com eles lá”, afirmou o vice.

Antes da declaração do presidente, os conselhos de secretários municipais e estaduais de Saúde afirmaram que o ministério não entregou todos os kits de testes e máquinas para automatizar a análise das amostras que havihavia prometido.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios