Geral

Condenação do ex-prefeito de Capão do Cipó: (Parte V)

A contratação do serviço e o pagamento

Cipó crime 2

A condenação foi em primeira instância. O ex-prefeito Alcides Meneghini (MDB) foi apontado como mandante do atentado a bala contra o sindicalista Giovani Diedrich, em 2018. Meneghini nega e diz que provará sua inocência em segunda instância. A seguir, mais trechos importantes do processo.

A contratação do serviço

Um dos envolvidos, o que teria entregue o dinheiro aos capangas, é Helder Lara da Rosa, que foi diarista de Meneghini. Vejam sua resposta à juiza:

Juíza: “Então, o senhor foi procurado por Meneghini, de quem era empregado, e junto com Meneghini estaria Josel Caetano, para que o senhor fornecesse a eles, indivíduos que pudessem executar a empreitada criminosa?”

Helder responte: “Exatamente, doutora! Só que nem tudo não é assim; eles não foram procurados. Eles não foram na minha casa. Eu estava trabalhando na granja”.

À procura de capangas

Juíza – “Então o senhor confirma que Meneghini, juntamente com Caetano, mantiveram contato com o senhor?” VEJA MAIS NO SITE DO EXPRESSO

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios