Geral

Justiça dá 24 horas para o governo explicar ‘rolê’ de Bolsonaro

A Justiça Federal em Duque de Caxias (RJ) deu 24 horas para a União explicar a visita de Bolsonaro a comércios do Distrito Federal no domingo. A decisão é do juiz federal Márcio Santoro Rocha, que quer saber se o “rolê” do presidente contraria a política pública de isolamento social recomendada pela OMS e adotada pelo Ministério da Saúde.

Hoje à noite Bolsonaro poderá 
usar rede nacional de TV
O presidente usou trecho de pronunciamento do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom, para sustentar que agora até a entidade internacional defende o retorno ao trabalho. Ele aventou a possibilidade de convocar novamente cadeia nacional de rede e TV nesta noite para comentar a fala do diretor-geral da entidade.

OMS continua pregando o isolamento
Obs. Tedros citou a preocupação com pessoas isoladas em lugares mais pobres do mundo que têm que trabalhar diariamente para ganhar o “pão de cada dia”. A OMS, no entanto, continua pregando o isolamento.

“Porra, é o dia da liberdade hoje”
Depois de sair do carro, o presidente foi saudado com a menção ao dia 31 de março, quando o golpe militar de 1964 completa 56 anos. “Porra, é o dia da liberdade hoje – respondeu Bolsonaro”, disse ao deixar o Palácio da Alvorada.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios