O Rio Grande chora a perda de policial militar

Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, foi morto em confronto com assaltantes de banco em Porto Xavier. Seu velório ocorreu em Cerro Largo abaixo de muitas homenagens. Antes de entrar na Brigada, Lunkes entregou jornal em Cerro Largo, sua cidade natal. (Foto: Zero Hora)

Uma soldado o descreveu como querido, meigo e doce. “Era um baita policial, com quem podíamos contar para tudo. Tudo mesmo” disse, aos prantos”.

Em Santiago, a exemplo de todo o Estado, houve várias homenagens, como se percebe na foto de Rafael Memitz.

Os bandidos seguem foragidos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios