Presidenciável será processado por gays

O candidato à presidência, Levy Fidelix (PRTB) será processado por causa de suas declarações discriminatórias durante o debate na Record. A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) lamentou a fala do candidato, que atacou as pessoas de forma contundente. Ele associou a homossexualidade aos crimes de pedofilia e disse que os gays deveriam ser submetidos a tratamento  psicológico.
“Aparelho excretor não reproduz. “Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto. Vamos acabar com essa historinha. Eu vi agora o santo padre, o papa, expurgar, fez muito bem, do Vaticano, um pedófilo”, sentenciou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios