Motoqueiro cara-de-pau

(por J. Lemes)
Vejam só: o cara da tele foi na Brigada levar um passageiro e, ao cruzar no portão, foi interpelado pelo soldado ali de plantão, que pediu os documentos da motoca. Resumo: o veículo saiu guinchado lá da Brigada.
Mas é muita cara-de-pau ir na Brigada com a moto sem papel nenhum. Imagino como andam algumas por aí. E falam em regulamentar a profissão, mas primeiro tem que andar com as motos em dia. Seria o mínimo dos mínimos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Mensagem para que o visitante desative o bloqueador de anuncios